SPROWT ARTICLE | Açucena Paul

Acucena scaled 1

A diversidade não subsiste sem inclusão

Não raramente ouvimos os termos “Diversidade” e “Inclusão” serem usados como sinónimos. Isto é um erro. A diversidade refere-se à existência de um conjunto de indivíduos com uma multiplicidade de características identitárias. Já a inclusão remete para o sentimento de pertença de um indivíduo no meio em que se encontra, neste caso no seio de uma empresa.

É através do sentimento de pertença dos colaboradores face às empresas que conseguimos garantir o seu bem-estar e o à vontade para a partilha de ideias. Com este bem-estar garantido, é possível fomentar uma discussão criativa e profícua que leve a maior inovação e eficiência.

Assegurar que trabalhamos com equipas diversas a nível de género, nacionalidade, religião, incapacidades, sexualidade, etnias e idade por exemplo, contribui para a inovação e a eficiência na tomada de decisões. Por outro lado, ter uma estratégia de Inclusão permite fomentar o sentimento de pertença e, consequentemente, melhorar a retenção de talentos nas empresas que lidam com a entrada no mercado de trabalho de gerações mais jovens e mais abertas à mudanças de carreira ao longo da vida.

Por mais que pareça um assunto restrito aos recursos humanos, é imperativo que os líderes das empresas, não só compreendam a necessidade da implementação de práticas de Diversidade e Inclusão, mas que assumam a responsabilidade do estabelecimento e cumprimento de metas e sejam um exemplo para os restantes colaboradores.

Não existe uma solução de “tamanho único” (one-size-fits-all) para o estabelecimento de programas de Diversidade, Equidade e Inclusão que se aplique de igual modo a todas as empresas. Pelo contrário, cada empresa apresenta necessidades específicas e encontra-se num determinado estágio de evolução – se algumas empresas já têm programas para a inclusão de pessoas com deficiência, por exemplo, outras nunca abordaram estes temas internamente. 

Ter equipas diversas e um ambiente inclusivo exige um esforço conjunto e o contributo de todos, desde o administrador até ao estagiário. É preciso estar aberto à mudança, posto que a Diversidade não subsiste sem Inclusão.