SPROWT ARTICLE | Lorna Dabo

lorna

Botas de Combate

Hoje, quero vos falar de sapatos. Sapatos?

Sim sapatos! Sei que falar sobre sapatos, à primeira vista pode parecer um tema fútil, mas garanto que não será no sentido que estão a pensar.

Não vou falar de sapatos no sentido literal, ou seja, daqueles que se encontram expostos nas montras das lojas, falo de sapatos no sentido figurado.

Para nós mulheres no mundo jurídico, particularmente aquelas que são advogadas em escritórios de advogados, apesar de ostentamos lindos saltos altos, esses podem se transformar em verdadeiras botas de combate. Trabalhar como advogadas, num país com muito ainda por fazer, pleno denoportunidades que demandam soluções de elevada sofisticação e complexidade nem sempre fáceis de dar resposta considerando o nosso próprio mercado jurídico e numa profissão que continua a ser predominantemente masculina, é altamente desafiador.

É aí que entram os sapatos… Ao longo das nossas vidas fomos educadas a sermos, passivas e calmas. Uma mulher objectiva e que não floreia o seu palavreado, poderia ser vista como arrogante ou insensível. Assim, ao longo das nossas vidas somos educadas a calçar sapatos de cristais. Contudo, no mundo de escritório de advogados, calçamos verdadeiras botas de combate!

Para nós mulheres que trabalhamos em escritórios de advogados, e aquele em que trabalho não é excepção, sentimo-nos diariamente desafiadas pelo nosso trabalho, pela confiança que é depositada em nós e também pela complexidade das matérias em que trabalhamos. Assim, não temos medo de guardar os nossos sapatinhos de cristal, para momentos oportunos e calçar as nossas botas de combate.

Felizmente, percebemos que o mercado jurídico, especialmente ao nível da prática organizada em sociedades de Advogados e os clientes no geral, olham com cada vez mais atenção e interesse para a contribuição da mulher advogada e para a sensibilidade e qualidade que aportam, o que leva a uma cada vez maior valorização das nossas opiniões e do lugar único que ocupamos como mulheres.

Diante dos nossos desafios diários, podemos afirmar orgulhosas que a nossa toalete por eleição, são as botas de combate!